[FP] Meg Fitzpatrick

Ir em baixo

[FP] Meg Fitzpatrick Empty [FP] Meg Fitzpatrick

Mensagem por Meg Fitzpatrick em Ter Maio 22, 2012 5:03 pm

Nome: Meg Fitzpatrick

Codinome: Metamorfogirl

Grupo: Alfas

Lado: Heróis

Habilidade Especial: Controle Corporal: poder sobre o próprio corpo, permite esticar o corpo, até 2 metros a mais nos braços, pernas e tronco; mudar aspectos físicos mais simples, como o cabelo, cor dos olhos ou tom da pele; capacidade de ficar invisível quando desejar. Estratégica, abomina armas de fogo, sendo razoável em combates corpo-a-corpo.

História de como descobriu ser herói:

Aos 15 anos, Meg se vê em uma situação desesperadora: após um grave acidente sua mãe fica em coma, seu pai simplesmente some no mundo com seu irmão – gêmeo, por sinal - e ela sequer sabe se ele um dia chegou a receber a notícia. Forçada a tomar conta de si mesma, consegue um emprego em um laboratório, como ajudante de pesquisas, e resolve construir novas tecnologias por conta própria. O emprego a fez decidir sua futura profissão, e agora ela estuda todas as possibilidades para que possa ir à universidade, quando atingir a idade. Depois de um ano na UTI, Beatrice, sua mãe, finalmente acorda, porém seu estado de saúde permanece imensamente frágil. Quando liberada sua ida para casa, a tarefa de cuidar da mãe fica exclusivamente com Meg, que não tem notícias do pai ou do irmão desde o acidente. No emprego, ela recebe uma promoção, integrando a equipe de experimentos, que, afinal, era o que ela já fazia, mesmo que não para o trabalho. Ao pesquisar uma nova fonte de energia para tornar realidade um protótipo que permitiria objetos pesados - como carros - flutuassem, expôs-se, acidentalmente, ao contato com um líquido radioativo, o qual estava sendo usado em testes avançados. A menina ficou com medo das reações que pudesse vir a ter - quem cuidaria de sua mãe caso algo lhe ocorresse? Felizmente, depois de uma semana sem apresentar nenhum sintoma, o incidente foi esquecido. Em um dia qualquer, cerca de seis meses depois do ocorrido com o líquido, um lapso no sistema nervoso de Bea faz com que a garota entre em pânico, e ao lutar contra a escada enquanto escora sua mãe da melhor maneira possível, tem a impressão que seu braço “se esticou” até o corrimão, para evitar uma brusca queda, aumentando o tamanho em cerca de 3 cms. Ora, isso é besteira, membros do corpo não se esticam... Não é mesmo? Meg larga estes pensamentos, em sua pressa de chegar ao hospital, e novo fato é esquecido. Descobre-se que o problema de sua mãe ainda é em função do acidente, e que é degenerativo, podendo a causar acidentes mais sérios, com cada vez mais frequência, o que faz com que restem apenas duas opções: internar sua mãe por tempo indeterminado, ou contratar uma enfermeira para ficar aos cuidados da mulher. Escolhida a segunda opção, as finanças se apertam, e depois de seis meses de sufoco, a menina passa a ir ao emprego em dois turnos, agora que já e formada no ensino médio, Por ser avançada em sua formação. A ideia de ir pra universidade foi totalmente abandonada, em função de proporcionar o máximo de conforto possível à sua mãe. Quando um tombo nas pedras do bosque próximo à casa de Meg ocorre, esta não pode mais deixar um fato de lado: há algo... Diferente com seu corpo. Cortes profundos não se curam em cinco segundos, ainda mais sem deixar pistas na pele de que um dia existiu. Longe da mãe e da enfermeira, a garota resolve descobrir o que ela consegue fazer. Depois de semanas de testes, descobre que o episódio da escada realmente fora verdade, seu corpo era elástico, além de mudar conforme sua vontade, nas coisas mais simples, como mudar seu cabelo ou a cor dos olhos. O estado precário de saúde de Beatrice se agrava, forçando a tão indesejada internação, mais ou menos no mesmo período em que a menina descobre poder desaparecer nos ambientes, ou seja, tem a habilidade de ficar invisível. Depois de uma semana de internação, Beatrice não mais suporta, e falece, em função de uma parada no sistema nervoso, contra qual os médicos nada poderiam fazer. Sem chão, Meg decide então focar-se nas anomalias que ocorriam com ela, tentando aplacar a dor da perda. O sonho de ir à universidade volta, e ela decide então, ir para Califórnia, onde – isto ela lera em um jornal – havia uma universidade na qual os estudantes do curso de ciências investigavam possíveis mutações genéticas que levavam pessoas a desenvolverem “superpoderes”. Aos 18 anos, a menina vive então em Santa Mônica, auxiliando nas pesquisas já mencionadas, quando dois fatos ocorrem para – novamente – alterar o curso de sua vida: o primeiro é a descoberta da notícia (já bastante antiga) do falecimento de seu pai, e uma menção a seu irmão, que agora ela se decidira a procurar. O segundo: o laboratório no qual as pesquisas laboratoriais sobre as mutações genéticas ocorriam foi destruído, por um grupo de vilões aparentemente liderado por um “mandante oculto”, por motivos desconhecidos, o que faz a menina finalmente descobrir o que fará com suas habilidades sobre-humanas: derrotar esse grupo e seu mandante, fosse eles quem fossem.

Meg Fitzpatrick
Meg Fitzpatrick
Alfa
Alfa

Mensagens : 4
Data de inscrição : 11/05/2012
Idade : 27
Localização : Califórnia

Arquivo de Herói
Herói: Metamorfogirl
Classe: Alfa
Poderes:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FP] Meg Fitzpatrick Empty Re: [FP] Meg Fitzpatrick

Mensagem por Steve Rogers em Qua Maio 23, 2012 5:40 pm

Ficha aceita, registre poder na lista. Bem vinda :]

_________________
[FP] Meg Fitzpatrick Tumblr_lv76c46X1D1qhd14co5_250 [FP] Meg Fitzpatrick Evans_cover_evss-160x160 [FP] Meg Fitzpatrick Tumblr_m72g798auK1r5riq6
Steve Captain Rogers


Steve Rogers
Steve Rogers
Admin
Admin

Mensagens : 64
Data de inscrição : 10/05/2012
Idade : 28
Localização : Sede Vingadores

Arquivo de Herói
Herói: Capitão América
Classe: Vingadores
Poderes:

Ver perfil do usuário https://rpgtheavengersbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum