[FP] Liz N. Jones

Ir em baixo

[FP] Liz N. Jones Empty [FP] Liz N. Jones

Mensagem por Lizzy N. Jones em Dom Maio 13, 2012 10:39 pm

Lizzy's File

Nome: Lizzy Nicholle Jones [Pink Rage].
Grupo: Alfa.
Lado: Vilões.
Habilidade Especial: Mutação Genética: cabelo rosa que aparece conforme sua mudança de temperamento (raiva) fora do comum ; Resistência Sobre-Humana; Excelente lutadora: com ou sem armas; Controle do fogo: podendo criá-lo e controlá-lo a qualquer momento e em qualquer hora.






Lizzy's History

Nascida na Califórnia, Lizzy sempre foi meio diferente das outra meninas, seu cabelo rosa sempre chamou atenção sob as pessoas a sua volta, que sempre acharam que seus pais por capricho haviam pintado-o. Talvez ser a garota diferente da praia não tenha sido um bom jeito de ter crescido, já que sempre era excluída pelas crianças, pois os pais não a aceitavam, mas Lizzy achou um modo de superar tudo quando em uma excursão escolar se meteu em uma briga com um menino mais velho.

[MEMÓRIA DA LIZZY]
Aquilo estava muito chato, todo mundo rindo, conversando e ninguém prestava atenção no que a professora falava. Sai do fundo da multidão e comecei a empurrar os meninos mais velho da minha frente, eu queria escutar o que ela dizia, mas estando ali no fundo com todas as gracinhas e convesinhas era impossível!
- Hey, tá achando que é quem garota? - perguntou o maior do grupo quando tentei empurrá-lo para que eu pudesse passar.
- Não estou achando nada além de que você deveria sair da minha frente. - respondi com raiva. Quem ele pensa que é pra falar assim comigo? Só por que ele é mais velho, ele pode tudo?! Ele 'cresceu' em cima, me desafiando e eu me segurei pra não rir.
- Sabe... acho que a garotinha aqui precisa de uma lição, não é galera? - disse o idiota-líder e todos os outros se viraram na minha direção.
- Não sei quanto a vocês, mas... Calma ae. - falei ao sentir uma coisa diferente no ar. Cheguei mais perto do grandalhão e ao colocar minha mão no bolso de seu casaco retirei o esqueiro rosa dali. - Rosa, hum? Bonitinho, não acham? - debochei e levantei o crânio que era a capinha da onde o fogo saia. Podia ver o grandão temendo já de raiva, mas a brincadeira só estava começando. - Vamos fazer o seguinte... Você quer me dar uma lição, não é? Você mesmo disse ai pros seus amiguinhos! - comecei atraindo a atenção de todos os cinco 'maiorais'. - Então, me encontre daqui a meia-hora no caís do lago e poderá me dar a lição lá... - continuei e assenti o esqueiro passando minha mão sobre o fogo. - Se tiver coragem! - completei e ao tirar minha mão de cima do fogo, ela própria estava queimando. Eu podia ver a cara de medo/surpresa dos meninos, mas a brincadeira estava só começando e ele não iria se safar tão fácil assim, embora eu mesma estivesse surpresa com o fato da minha mão estar queimando e eu não estar sentindo nenhuma dor.
- Ta! E se você não tiver lá, o que acontece? - perguntou dando uma de 'machão'.
- Bom... Eu não posso fugir, posso? Afinal, não estamos nos divertindo nessa excursão que a escola nos deu?! - debochei. - Ah, e isso fica comigo! - completei ao apontar com o esqueiro. Passei por eles indo ao meu objetivo, mas ao chegar na frente da multidão a professora já havia acabado de falar e estava nos dando um tempo livre. Andei até uma pedra grande que havia ali e ao me sentar encarei o isqueiro. Como eu fiz aquilo? Passei minha mão em cima do fogo e ao retirar ela queimava e de novo eu não sentia nenhuma dor. Um sorriso cresceu em meu rosto e pensei em uma maneira de conhecer aquilo. Balancei minha mão pra frente, mirando em um chumasso de grama que havia ali e vi ele ser queimado pela bola de fogo que se transferiu da minha mão para o chão.
- Legal! - sussurrei e escutei outra pessoa falar ao mesmo tempo. Me virei rápidamente e vi um nerdzinho da minha sala parado ali, olhando pra mim como se eu fosse a maravilha em pessoa. - O que você acha que está fazendo?! - perguntei com a voz mais séria, com raiva dele ter visto o que eu tinha feito.
- Ãh... Eu... É...
- Ãh, eu, é... Desembucha garoto! - levantei chegando mais perto dele e percebi o quão menor ele era.
- Eu só q-queria s-saber se é v-verdade o que andam f-falando por ai. - falou.
- E o que andam falando?! - quase gritei de raiva.
- Que v-você v-vai lutar c-com o grandalhão. - respondeu e ele tremia.
- E se for, o que você tem a ver com isso?!
- C-como você f-faz i-isso? - perguntou.
- Isso o que?
- S-seus o-olhos... E-eles estão r-rosa.
- Sério?! - perguntei me acalmando. Eu nunca tinha feito isso, eu sabia que meus cabelos eram assim desde que nasci, mas não sabia que meus olhos também faziam isso... Mas eu não sei nem como aconteceu.
- Agora estão n-normais... - disse ele ainda com um pouco de medo pelo que pude perceber.
- Vai embora! - falei um pouco alto demais e ele tremeu. Antes dele sair, agarro sua camisa e o trago pra perto de mim. - Se você contar isso pra alguém... Bom, você tem amor a sua vida, não? - deixei a pergunta no ar e ele saiu correndo quando o soltei. Voltei pra pedra só que dessa vez não me sentei, passei minha mão pelo fogo do isqueiro e o joguei na pedra. - Vamos ver o que é isso. - falei e com a mão sem chamas coloquei-a ao lado da outra, sentindo as chamas. Eu sentia o que elas podiam fazer, mas não a dor que elas causam, até porque eu não sinto nenhuma dor. Me conectei com o fogo da minha mão em chamas e chamei algumas delas pra minha outra mão. Vi o fogo sendo puxado pelo ar, como se eu tivesse amarrado uma corda e o puxado. Agora as minhas duas mãos estavam coberta pelo fogo e mesmo assim eu não sentia dor! Tentei pensar em algo diferente, como deixar o fogo flutando em cima de minha mão e não nela, mas assim que pensei o fogo começou a subir, deixando meu corpo e ficando no ar, embora estivesse perto de mim e eu sentia que ele estava no MEU comando. - Legal! - sorri e comecei a me mexer com o fogo me seguindo. Balancei uma de minhas mãos pra frente e vi um arbusto começar a pegar fogo. Apontei minha mão ao arbusto e ao me conectar com o fogo o puxo pra mim, fazendo o arbusto parar de queimar. Eu já estava pronta para os muleques, mas quando eles apareceram ao ver o que eu estava fazendo com o fogo fugiram e depois não olharam na minha cara! Talvez, eles não tenham mesmo coragem...

[FIM DA MEMÓRIA]

Seus pais morreram em um incêndio um ano depois desse dia - enquanto ela estava na escola -, e nesses 5 anos seu único companheiro foi o fogo e a praia, seu réfugio. Lizzy ficou tão vingativa e com a raiva tão descontrolada que ninguém mexia com ela, qualquer gracinha simples que ela não gostasse podia virar uma marca queimada permanentemente em sua pele.

template by: thepiscina from @ TdN!

_________________
[FP] Liz N. Jones Tumblr_m0lbkdNs5N1rnh4gao1_500
- Lizzy {Pink Rage} Jones ϟ -

{The Villain's Apprentice ϟ 17 years old ϟ Califórniana ϟ My History ϟ Sexy Girl}
Lizzy N. Jones
Lizzy N. Jones
Alfa
Alfa

Mensagens : 26
Data de inscrição : 13/05/2012
Idade : 24
Localização : Califórnia (:

Arquivo de Herói
Herói: Pink Rage
Classe: Alfa
Poderes:

Ver perfil do usuário http://www.welcometomydeepsecret.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FP] Liz N. Jones Empty Re: [FP] Liz N. Jones

Mensagem por Steve Rogers em Dom Maio 20, 2012 7:03 pm

Ficha aceita. Bem vinda Lizz

_________________
[FP] Liz N. Jones Tumblr_lv76c46X1D1qhd14co5_250 [FP] Liz N. Jones Evans_cover_evss-160x160 [FP] Liz N. Jones Tumblr_m72g798auK1r5riq6
Steve Captain Rogers


Steve Rogers
Steve Rogers
Admin
Admin

Mensagens : 64
Data de inscrição : 10/05/2012
Idade : 28
Localização : Sede Vingadores

Arquivo de Herói
Herói: Capitão América
Classe: Vingadores
Poderes:

Ver perfil do usuário https://rpgtheavengersbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum